Ninguém se banha duas vezes na água do mesmo rio.  Heráclito de Éfeso

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém… Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim… E ter paciência para que a vida faça o resto…  William Shakespeare

(textos pelo Antigo Acordo Ort.)
Anúncios

Comentários desativados em

07/08/2011 · 18:42

Se tivemos geração Coca-Cola, agora seria geração Nutella??? 🤔

Deixe um comentário

Arquivado em Frases soltas

Concreto 

Andando pela cidade.

O cinza do concreto.

E o olhar procurando por um colorido qualquer que dê cor ao dia.

Olhando para as torres dos prédios, elas quase alcançam o céu.

Poderiam elas levar algum recado nosso?

Janelas fechadas, portas trancadas.

Ninguém quer falar, ver ou ser visto.

Os que estão aqui fora passam rápido, sem rosto, passam despercebidos. Confundindo-se com as construções. 

Não há ninguém.

Misturo-me ao caos. 

E já não há mais nada. 

Abre-se um vácuo. 

Silêncio.

Só a massa cinza e o céu. 
08/07/2017

Deixe um comentário

Arquivado em Poemas

Por que não abro a janela? 

Por que não abro a janela? (Não quero ver o mundo; me abrir para ele; deixá-lo entrar em minha vida. Medo do que há lá fora, fora de mim.)

Por que não me desapego? (Medo de deixar partes da minha vida irem embora.)

Por que demoro tanto para começar? (Medo do que há para fazer; tanto para fazer. Fugindo, fugindo…)

20/12/2012

Deixe um comentário

Arquivado em Poemas

Como vai você? 

Eu preciso saber da sua vida

Peça a alguém pra me contar sobre o seu dia

Anoiteceu e eu preciso só saber

Como vai você?” 

(Como vai você – Roberto Carlos)

Deixe um comentário

Arquivado em Frases soltas, Música

O “sumido” pode ser eu 

Nesta semana presenciei o encontro de dois conhecidos no trem. Um deles ao avistar o outro disse: É você que está sumido ou sou eu que sumi?

Disfarçadamente eu sorri e fiquei feliz ao presenciar aquela brincadeira.
Quantas vezes dizemos “ah, tal pessoa está sumida”, “nem aparece mais”, “nunca mais nos procurou” etc. Mas e nós? Nós procuramos essa pessoa? Aparecemos na vida dela? Será que também não sumimos?
Quantas vezes dizemos “fulano só me procura quando precisa de alguma coisa”, “só procura por interesse”. Será que também pensamos que o que nós  chamamos de “procurar por interesse” pode ser “procurar um amigo” para a outra pessoa?
Não é isso o que as pessoas fazem, procurar os amigos diante de uma dificuldade?
Já pensamos que esse amigo talvez até se arrependa de ter trazido seus problemas para nós?
Sou a “sumida” muitas vezes e sou grata por todos os que já apareceram em minha vida. 

Deixe um comentário

Arquivado em Frases soltas

O intelectual, com uma condição que não seja a miséria, em certo momento começa a desprezar o lazer, a diversão, a música que alegra, o programa que entrete. Há que se pensar nas mazelas da vida. Lutar. Refletir sobre as injustiças. Porém o pobre, o que sofre na pele essas mesmas mazelas e injustiças, esse quer se divertir. Ele já vive a tristeza, e quer um pouco de alegria. O primeiro, o intelectual não miserável, quiçá com conforto, já pôde ter alguma alegria, mesmo que não tenha se dado conta. Acredito que ele poderia compreender melhor o segundo.

Deixe um comentário

Arquivado em Frases soltas

Quantas vezes por semana será que sonho com você? Pelo que me lembro, são tantas vezes que já perdi as contas.

 

Nos sonhos, você fala comigo. Isso por si só já serve para me mostrar que foi apenas um sonho.

Deixe um comentário

Arquivado em Frases soltas